Guideline

Nome:
Hospital Estadual Sumaré Dr. Leandro Franceschini

Diretor-Superintendente:
Prof. Dr. Maurício Wesley Perroud Júnior (Pneumologista)

Perfil:
Universitário secundário e terciário

Atendimento:
100% SUS

Certificações:
Acreditação Hospitalar nível 3 (1º hospital público no país)

Hospital Amigo da Criança (IAHC)

Hospital de Ensino MS/MEC

Acreditação Internacional Canadense (CCHSA) – Qmentum Diamante

Orçamento:
R$ 122.340.000,00 (2018)

Inauguração hospital:
21 de setembro de 2000

Área construída:
26 mil m²

Número de funcionários:
Cerca de 1200 funcionários atuam 24 horas em diversas áreas do hospital

Número de profissionais de enfermagem: 564

Número de docentes: 20

Número de médicos assistentes: 256

Número de médicos residentes: 40/ano

Número de alunos:
Todos os anos da graduação de medicina, enfermagem, farmácia e nutrição que realizam boa parte do treinamento e internato dentro do HES. Além disso, participam da rotina do HES diversos alunos de pós-graduação da FCM e outras instituições.

Capacidade física: 260 leitos

Especialidades médicas: 37 (65% das doenças existentes)

Pacientes internados/ano: 15.000

Consultas ambulatoriais /ano: 62 mil

Consultas emergências/ano: 18 mil atendimentos

Urgência Referenciada: Classificação de risco protocolo de Manchester

Abrangência:
Microrregião de Americana, Hortolândia, Monte Mor, Nova Odessa, Santa Bárbara D’Oeste e Sumaré, o que corresponde a cerca de 750 mil habitantes.

Capacidade física UTI neonatal: 22 leitos (10 semi-intensivos)

Capacidade física UTI pediátrica: 06 (01 de isolamento)

Capacidade física UTI adulto: 18 leitos (04 semi-intensivos)

Centro Cirúrgico Ambulatorial: 03 salas

Centro Cirúrgico Oftalmológico: 03 salas

Centro Cirúrgico Geral: 06 salas

Centro Cirúrgico Obstétrico: 03 salas

Cirurgias/ano HES-Unicamp:
3.300 (ambulatoriais), 4.400 (eletivas) e 800 (emergência).

Partos/ano: 2.200 sendo 70% natural

Primeira cirurgia: Em outubro de 2000, com a equipe médica integrada pelos Prof. Dr. Elinton Adami Chaim e Dr. Dario Victor Labbate que realizaram uma cirurgia de colicistectomia.

Procedimento cirúrgico mais demorado:
Cirurgias neurológicas e politraumas

Procedimento cirúrgico mais rápido:
Cirurgia de câncer de pele em média 40 minutos

Indicação do hospital por clientes internados para amigos e familiares: 99,7%

Consumo de bolsas de sangue: Cerca de 300/mês

Exames laboratoriais/ano:
265 mil de cerca de 300 tipos de exames

Exames imagenologia/ano:
(Raio-X, endoscopia, tomografia, ultrassonografia e ecocardiograma): 47 mil

Procedimentos e equipamentos de referência:
Ressonância magnética 1,5T (Tesla), tomógrafo multi-slice 64 canais, PACS (Picture Archiving and Communications System), Sistema de TI MV 2000i, endoscopia, colonoscopia, doppler, ultrasonografia, facoemulsificador (cirurgias de catarata), criopreservador para retinopatia da prematuridade, videolaparoscópio, neuronavegador, microscópio cirúrgico leica, neuroendoscópio entre outros.

Farmácia do HES:
São usados cerca de 37 mil itens de medicamentos/mês de um total de 425 tipos de medicamentos.

Circulação diária:
mais de 1600 pessoas

Número de refeições produzidas/ano:
630 mil

Limpezas terminais/ano:
18 mil

Roupas lavadas/ano:
860 mil quilos

Consumo de água:
3041 metros cúbicos/mês fornecidos por 2 poços artesianos

Geradores:
450 KVA

Consumo de energia:
264.000 Kw/mês

Estação de Tratamento de Esgoto (ETE):
Capacidade 432 mil litros de esgoto/dia